Mel

O mel, é fabricado exclusivamente pelas abelhas para estas se alimentarem durante o Inverno. Contudo, a quantidade de mel que fabricam é cerca de três vezes superior àquela de que necessitam para sobreviver.

O mel é produzido a partir do néctar recolhido das flores pelas abelhas. Posteriormente, este néctar é transformado pelas enzimas digestivas das abelhas e armazenado na colmeia.

o mel é constituído, na sua maior parte (cerca de 75%), por hidratos de carbono, nomeadamente por açúcares simples (glucose e frutose). O mel é também composto por água (cerca de 20%), por minerais (cálcio, cobre, ferro, magnésio, fósforo, potássio, entre outros), por cerca de metade dos aminoácidos existentes, por ácidos orgânicos (ácido acético, ácido cítrico, entre outros) e por vitaminas do complexo B, por vitamina C, D e E. O mel possui ainda um teor considerável de antioxidantes (flavonóides e fenólicos).

O mel é o único alimento naturalmente doce que contém proteínas e sais minerais, que são importantes para a saúde, trazendo os seguintes benefícios:

1 – Combater a prisão de ventre, pois ajuda o intestino a se movimentar;
2 – Combater má-digestão e úlceras gástricas, porque tem enzimas que facilitam a digestão;
3 – Aliviar bronquite, asma e dor de garganta, pelas suas características antibióticas e anti-sépticas​;
4 – Mel com própolis: alivia sintomas de faringite, amigdalite, gripe e resfriado. O própolis funciona como antibacteriano, antifúngico, antiviral, estimulador do sistema imunológico, cicatrizante e regenerador de tecidos;
5 – Mel com canela: combate a má-digestão, que pode ocorrer após uma refeição rica em gorduras. Uma boa dica é fazer um chá e adicionar um colher de chá de mel com canela para facilitar a digestão.
6 – Mel com limão: previne o aparecimento de gripes e resfriados, pois o limão tem vitamina C que fortalece o sistema imunológico.